Publicado por: almofadas | Janeiro 18, 2010

Ninguém quer ouvir a verdade, poucos conseguem dizê-la

Questionando mais uma vez a minha razão de ser, e a falta de liberdade que sinto constantemente, em exprimir aquilo que penso sobre cada e determinada situação. Sim, porque cada e determinada situação me diz alguma coisa que me faz pensar outra coisa que devo dizer, pronunciar em vóz alta para que seja ouvido e para que se pense sobre isso. Mas sempre me ensinaram a estar calada, sempre foram muito inoportunos e rígidos os meus pensamentos verdadeiros pronunciados em vóz alta. És pior que os cães, tens sempre que abrir a boca para ladrar. Oh sim, era precisamente isso que me diziam, portanto fui aprendendo a estár calada, a estar calada, mas como apesar de não quererem ouvir o que penso as pessoas exigem que fale, fui aprendendo falinhas mansas, e dizer aquilo que se quer ouvir. Cada vez sentindo-me esburacada como um queijo suíço, das verdades que deito fora que nunca digo para não magoar.

Verdades e mentiras dolorosas todos ouvimos de vez em quando e é bom que haja quem tenha coragem de as dizer, mais simples é ficar calado. Porque será que nunca percebi que por me mandarem calar constantemente, o que eu dizia podia ter valor, sempre pensei que fossem inutilidades, sem jeito. E nem é que tenha sido uma criança muito faladora, era mais um ouvinte do que um falante, mas quando dizia alguma coisa era certeira. Apesar de ter dedicado muitos anos a reprimir essa consciência das coisas que me surge perante determinadas situações ela não desapareceu, continua a aparecer com a mesma vontade de sair em substituição às falinhas manças que aprendi entretanto. E pode até ser a maior fantochada do mundo, se é isso que penso porque hei de dizer outra coisa. Ora às vezes eu penso, porque me privo eu da liberdae de expressão, amedrontada pelas reacções consequentes das pessoas a quem dirijo. Porque me continuo a enganar a mim mesma, contendo-me de pensar abertamente, para não esburacar ainda mais o meu queijinho precioso, se essas bolhas que acabam por formar buracos continuam a aparecer de qualquer maneira.

About these ads

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Categorias

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: