Meu lírio púrpureado de coração dourado

É terra negra que agora te abraça

E no meu peito a raíz se embaraça

És gloriosa tu! Pois terminaste a jornada

Não morre em mim o espírito da tua vida

Nem a distância da morte nos separa

Tu absorveste a sabedoria de amar

E dessa chuva o meu mundo tu regaste

Com esse sol fizeste-me brilhar

Lilás a tua alma embarca na eternidade

Onde não há distância nem idade

E nessa flor que em minha mão poisaste

A tua luz, a tua mão, o teu amor

Eu guardo essa flor

No centro do meu peito para onde fôr

Anúncios

One thought on “Li

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s