Publicado por: almofadas | Julho 18, 2010

“Cham por mim, céu!”

“Entre o passado e o novo é tão fácil perder-me… Ente o passado e o novo há perguntas difíceis, respostas difíceis… Vagueei desleixada, procurei-te – Onde estás? – Não havia consolo para mim no mundo, eu partia as suas paredes, aniquilando esperanças. Enxaguava de sangue, as vestes douradas, solitária e cega, morria sem amor. Parecia-me que o céu me tinha esquecido.

Encontrei todas as perguntas, encontrei todas as respostas, tudo simplesmente amado. És tu o meu verão, és tu o meu outono, és tu as minhas  estrelas, foste tu que me contaste que pode não ser tarde demais

Chama por mim, Oh céu! Surpreende-me com a verdade. Obviamente que não sou o primeiro que voou e que caiu. Parece que fazes de propósito, parece que brincas comigo, porque te lembras de tudo, porque sabes tudo.”

Bi 2 – Chama por mim céu

there


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: