Publicado por: almofadas | Agosto 21, 2010

ri à minha volta

A emoção arranha o peito

O coração quer ter direito

Quer seguir, quer saber

Se ainda tem esse querer

E  mundo ri à minha volta

Eu salto e solto um grito louco

Ao meu silêncio obscuro

Não chega o riso que procuro

A ilusão atrai do cume

O corpo morre de ciúme

Sem conquistar, sem perceber

Se ainda há tempo p’ra perder

E  mundo ri à minha volta

Eu salto e solto um grito louco

Ao meu silêncio obscuro

Não chega o tempo que procuro


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: