Publicado por: almofadas | Maio 23, 2011

O Furacão Baralhado

Não sei se era já  noite cerrada

Ou se ainda era madrugada

Havia na floresta uma bruxa,

E na clareira havia uma fada

A bruxa tinha um gato assanhado

A fada tinha um cão fiel bem comportado

A bruxa estava sempre a resmungar

“Ó gato chato! Comeste o atacador do meu sapato!”

O gato respondia desviando o olhar

“Miau, miau! Foi a brincar!”

A fada começava o dia a cantar

“Meu querido cão, vamos dançar!”

O cão saltava de alegria de contente

“Ruaf, ruaf, Vamos brincar!

A fada caminhava levemente

A bruxa não para de ralhar

O cão deitava-se tranquilamente

O gato não parava de correr e de saltar

E já não sei se era Inverno ou Verão

A fada descançava na esplanada

A bruxa estava atarefada em redor do caldeirão

Quando surgiu o furacão

Fazendo andar à roda a bruxa e a fada

E em cículos o gato e o cão

Enfim…

Foi uma grande confusão

Trocaram de lugar a bruxa e a fada

O gato e o cão

Pelo caminho tinha ficado tudo baralhado

A fada resmungava na floresta

“Tareco vem aqui”

E o cão miava.

A Bruxa na clareira dançava encantada

“Anda Brincar Bobi”

O gato dava a pata e ladrava.

Mas ninguém sabe o que aconteceu depois

Portanto, a história chegou ao fim.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: