comportamento

Se eu me pudesse levantar e só levar comigo o que vive. O mundo, só estrelas a brilhar, contos, coisas para contar. Trazida pelo pensamento a memória me diz, prefiro entregar-me ao vento. Escolhia agora ser o mar, e não a praia. Seguia sem declive, de cá para lá, num simples movimento.  Porém agora só na vida há motivo. Então faço apenas círculos no ar e memorizo o momento. É o comportamento.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s