Publicado por: almofadas | Julho 30, 2010

Invasores

De onde vem a força que nos traz e que nos leva

Quem disse que a ilusão é ilusão

E que a existência não vem da imaginação

De onde surge a luz que ilumina esta treva

A emoção arranha o peito

O coração quer ter direito

Quer seguir, quer saber

A força é a força de querer?!

Quem foi que inventou a invenção

Quem somos nós, senhores deste mundo

Quem são vocês, senhores da razão

O  mundo gira e ri à minha volta

Eu salto e solto um grito louco

Ao meu silêncio obscuro

Não chega o riso que procuro

A ilusão atrai do cume

O corpo ergue-se do estrume

Sem conquistar, sem perceber

O que se vê do que consegue ver

Por que razão queremos ancorar o barco

Se a perenidade é a carga do navio!

E insistimos em pagar a taxa deste charco!

Com que direito se inflama o calor na nuca,

Dos que nos ditam a facção?

Será que a licença nunca mais caduca?

Longe das tréguas – ouvi dizer!

Existe um lugar tranquilo

Onde não cobram o amor ao quilo

Onde amar não é delito

E todos podem respirar o mesmo ar

Não se sussurra pelas costas

Olhando cara a cara não se grita

Não se levanta a mão

E todos têm espaço p´ra andar


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: